Preconceito.


Boa noite amores e amoras do meu coração!!
Sentiram minha falta? -iludida-
Hoje está quente, ou é só meu quarto? acho que lá fora também está.
O dia hoje não foi nem um pouco comum, eu estudei. haha. E estudei química!
Mais tarde estudarei história geral e literatura, isso tudo por peso na consciência, fazer o que?
Resultado de alguns jogos (não que eu os tenha assistido, mas passou no repórter neh, e achei interessante *-* shuhsuhsush ):
Palmeiras 2x1 Inter; Sport 2x0 vitória; Santo André 1x0 Curitiba

Hoje tem o criança esperança e eu nem sei se vou ver, nunca vejo mesmo... acho que estarei estudando a essa hora. Ainda estou sonhando com o almoço de amanhã, que será caprichado!!
Próximo tema abordado aqui neste lugar lindo e florescido -parei- será comida!!!
Mais sugestões sobre outros temas, tratar direto com a autora. Veja que chique! hahaha.

Bem, deixemos de enrolação e vamos direto ao texto =D

Pré-Conceito
Juízo preconcebido

Existe diversas formas de preconceito, embora muitas vezes ao ouvir ou ler essa palavra nos lembramos apenas do racial. Bem, preconceitos existem desde muito tempo, desde muito antes de saber que ele existia, de que ele chegaria a se tornar o sujeito da oração. Homens, mulheres, adultos, crianças, não importa sexo, idade ou condição social, o preconceito invade a mente de diversas pessoas, diferentes entre si.

Preconceito Racial. Brancos discriminam negros desde a época da escravidão. Será mesmo? não duvidando da história colonial, negros existiram e foram tratados de forma desumana, mas por que ao citarmos preconceito racial lembramos logo de um branco discriminando um negro? Será que não existe negros discriminando brancos? Claro que existe. Isso é fato. Se um branco, amarelo ou negro sair com uma blusa tendo escrito "100% branco", será preso, e se for o negro, lixado por pessoas negras, chamados de preconceituso e etc. Porque existe tanta gente caminhando por aí com "100% negro" e ninguém é preso? Farei uma "100% Ocidental" quando viajar para a China ou Coreia, e ninguém me olhará estranho... haha. façam-me rir. No velório do Michael Jackson, onde a maioria dos que estavam sentados no imenso auditório eram negros e alguns poucos brancos aqui ou alí, um dos homens que foi falar, negro - desculpe enfatizar tanto raças, mas o tema pede, para mim realmente não faz diferença - também, Discursou da seguinte maneira: "O Michael na verdade era negro! Ele tinha a alma negra! E nós o emprestamos para os brancos! Os brancos pediram o Michael emprestado e NÓS o emprestamos!". Já pensou se substitíssimos a palavra "negros" por "brancos" e "brancos" por "negros"? haha. Acho que o discursor seria preso de imediato.

Preconceito Religioso. Por que nabos e cenouras criticam tanto os crentes? Mesmo quando dizem não estar criticando? Por que nabos e cenouras apesar do Brasil ser um país de tantas religiões diferentes, ainda há tanto preconceito? O vestibular, realizado antes no domingo e segunda-feira, agora passará a ser realizado no sábado e domingo. Isso prejudicará os adventistas do sétimo dia. Parece que ninguém -fora eles- está se importando. A "solução" foi todos eles fazerem a prova numa mesma sala, e entrarem ao meio dia como os outros, mas a prova ser entregue no fim da tarde. Mas eles só podem trabalhar e fazer afins, após o pôr do sol do sábado. O problema é que o sol não se põe na mesma hora em todos os locais do Brasil. Será mesmo que é um grande problema fazer prova nos domingos e segundas? Não seria mais fácil deixar tudo como antes? Talvez a desculpa seja não haver tantos adventistas quanto outras religiões, e por que mudar tudo por causa de uma pequena porcentagem de adventistas? Respondo-lhes com outra pergunta. Se temos tantos feriados católicos no Brasil, e comércio e indústrias param, por que não mudar o dia de uma prova por respeito a outra religião? Reflita.

Preconceito Social. Existe entre as diferentes classes sociais, de rico com pobre, de pobre com rico, entre tantas outras classes e modos de liga-las existente. Não entrarei muito neste tema, até porque não tem muito o que se falar, a não ser que fosse me aprofundar nas origens do porquê desse sentimento ser gerado, e isso não farei aqui. Pessoas de melhores condições financeiras, mas de condição piedosa de bom senso e humanismo, tratam com desdém, e muitas vezes humilham pessoas com menos recursos. E por outro lado, pessoas de menores condições, muitas vezes sentem inveja, seguida de raiva, por não ter tido as mesmas oportunidades que elas. Onde vamos parar, se no lugar de tentar melhorar o mundo, ajudar as pessoas que morrem de fome em tantos lugares, paramos para fazer disputa entre periferia e bairros ricos, entre pessoas muitas vezes de gostos em comum mas que nem chegam a descobrir por motivo de disputas vãs que não levam ninguém a lugar nenhum? Vamos parar talvez em situação pior do que já estamos. Em intrigas mais perigosas do que as que vemos ou sabemos. Precisamos mudar, para ver a mudança.

Preconceito Linguístico. Cinco regiões. Área urbana. Interior. Gramática. Linguagem coloquial. A linguagem da alma, a lingua que o povo fala. Nos foi imposto um sistema organizacional da lingua portuguesa, e aceitamos, ainda bem. Temos de cidades pequenas a Megalópoles. Mas por que o preconceito linguístico? Quanto mais nos aprofundamos neste tema, mais creio que o ser humano precisa ler mais, e ter o que fazer além de ver novelas e big brother. Por que vamos implicar com alguém, tão humano quanto nós, pelo modo como ele fala? E principalmente porque fala daquele jeito por conseguência de vir de determinada região. Se eu falo mainha, painho e visse, e você fala mãe, pai e treta, ninguém tem que se bater ou se xingar por isso. Venhamos e convenhamos, o jeito correto de falar sempre é mais apreciado, mas se tá correto e só porque falo um "r" engolido ou um pouco mais arrastado, mereço ser crussificado? hahahaha. Preconceito linguístico. Típico, comum. Pior quando o agredido concorda estar falando errado.

Por fim, preconceitos existem e talvez sempre existirão. O que devemos é nos concientizar e tentar concientizar, para que essa margem de seres preconceituosos não aumente e se possível diminua.


Alice Mesquita

- // -

Parar para falar de preconceito me levaria uma vida, e como só me resta uma, não a ultilizarei só para este fim. haha. O texto de hoje foi dificílimo de ser feito. Nâo pelo tema, mas sim porque pessoas assistiam televisão enquanto eu tentava encaixar as idéias no lugar, só desligaram no fim do texto, e a preguiça me consome, não farei um outro agora que posso pensar melhor.

Desculpem minha falta de criatividade e demora a escrever aqui, mas é que a vida anda tão corrida. haha.
Sugestões de temas, falem comigo mesmo.
Boa noite, bons sonhos e ótima leitura.
Espero que tenham gostado. beijos beijos
e até a próxima.

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

5 comentários:

Anônimo disse...

poxa!
gostei do texto
o melhor até agora(na minha opiniao)
realmente me fez "refletir"
conclusao:descobri q esse tema é realmeste muito abrangente,nao é tao simples quanto parece,pois todos nos somos preconceituosos no final das contas...
depois de ler realmente cheguei a repensar algumas coisas q ja estavam claras na minha mente...
ta bom, vo parar por aqui se nao eu faço outro texto :p
contine asim!
:)
by: augusto

Clara disse...

muito bom

Alice Mesquita disse...

Obrigadaa pessoaas *-* podia ter ficado melhor, só que a televisão estava realmente incomodando ligada bem ao meu lado X__X

Matheus disse...

Eegua, ta mto bom nêga.
esperando pela proxima postagem aqui, rs.
abraço.

Alice Mesquita disse...

Valeeeu nêgoo ^^ saudadees de tu feioo! xêro

Postar um comentário